(11) 2337-5030 (11) 94792-6441

Detetive desmente 10 mitos sobre traição

A infidelidade é um tabu difícil de abordar na sociedade. A maior parte das pessoas conhece indícios que manifestem uma traição e sabem quais situações são propícias para a infidelidade. No entanto, ainda há muitos mitos que precisam ser desvendados.

10 frequentes mitos sobre traição

1º Mito: "É somente sexo"

Embora o sexo possa ser uma razão plausível para a infidelidade, nem sempre essa necessidade é a que reina. Muitas vezes, a demanda por erotismo, evasão, o desejo de colocar em cheque o poder de sedução são os principais propulsores da traição. Enfim, são muitas as razões que podem levar uma pessoa ao adultério.

Uma das motivações principais é a frustração na cama. Este é um argumento sólido para empreender a procura por outra pessoa. Assim sendo, percebe-se que homens e mulheres não desejam o mero sexo extraconjugal. Frequentemente, as pessoas que traem buscam ternura, cumplicidade, alguém que os ouça e contato humano.

2º Mito: Os homens traem mais

Há alguns anos atrás era possível ouvir esta frase de forma frequente. Contudo, hoje em dia esta não passa de um mito. Muitas mulheres estão se libertando das amarras sociais e traindo os seus pares em prol da sua satisfação sexual e emocional.

3º Mito: Quem trai, não ama

Não necessariamente. Cada situação é diferente de outra, por isso, é importante saber que a infidelidade não é o oposto de amar. Muitas pessoas infiéis amam os seus pares, no entanto, sentem a necessidade de buscar sedução, aventura e adrenalina em outros braços.

4º Mito: Uma vez infiel, sempre infiel

Cada pessoa age de uma forma diferente, assim, não é possível dizer se uma pessoa que traiu em determinada situação continuará demostrando esse comportamento. O adultério pode ser uma fase na vida de alguém assim como um passatempo recorrente.

5º Mito: Confessar a traição ajuda a solucionar o problema

Nem sempre a confissão ajuda a solucionar o problema com o par. Quando a desconfiança é comprovada através da confissão, o par pode tomar a decisão de se separar. Há quem não aceite a infidelidade como fase e sim entenda como ato de desamor.

6º Mito: O adultério destrói o casamento

Nem sempre há a ruptura do relacionamento perante a traição. Cada caso é um caso, assim, é comum encontrar pessoas que ponderem os prós e os contras de uma separação. Ocasionalmente, estas podem optar por continuar a relação e colocar uma pedra sobre o assunto.

7º Mito: "Eu nunca serei infiel"

Conhece aquele ditado "nunca diga nunca"? Pois bem, é extremamente adequado quando o assunto refere-se a traição. Ninguém está a salvo de um encontro inesperado, do retorno de uma pessoa que nunca foi esquecida, um período difícil na vida.

8º Mito: Infelicidade no relacionamento

Se a pessoa fosse realmente infeliz com o par, ela certamente o deixaria. Não é preciso ser infeliz para sentir que algo está faltando na relação. Normalmente, há falta de algo novo, picante e sedutor.

9º Mito: O par enganado deixa quem trai

É frequente que as pessoas optem por perdoar os seus cônjuges. Certou ou errados? A verdade é que nem sempre o que é adequado para uns serve para outros. É uma escolha extremamente íntima e demanda a verificação de diversas questões antes de se bater o martelo. Em especial, quando há crianças envolvidas.

10º Mito: "Quando há amor, não há interesse por outra pessoa"

O cérebro é um dos principais órgãos sexuais do ser humano. As fantasias e outros pensamentos sexuais fazem parte da vida cotidiana das pessoas. Não há como limitar esses desejos ao sentimento do amor.

É possível perceber que os mitos ainda pairam sobre os casos de infidelidade e que este é um assunto bastante complexo para as pessoas.

Você está desconfiando do seu par? Acha que está sendo vítima de traição? Entre em contato conosco e saiba como podemos lhe ajudar.

Fale Conosco

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem