(11) 2337-5030 (11) 94792-6441

Como se tornar um detetive particular?

Atualmente existem cerca de 250 mil detetives no Brasil e o número vem crescendo com o aumento da procura de pessoas em interesse em trabalhar esse ramo.

O detetive particular tem como função vigiar e coletar informações, a qual desenvolverá um trabalho de investigador e não de policial, já que no Brasil não é permitido o profissional resolver crimes.

Na maioria dos casos os detetives acham e juntam provas de inocência ou não de uma pessoa, podendo ser contrato para fins empresariais, por exemplo.

Contudo, assim como em todas as profissões é necessário estudar e adquirir experiência e técnica para o desenvolvimento profissional.

Atualmente há três formas de exercer a função, sendo cada uma determinada por um tipo de curso.

Como se tornar um detetive particular:

  1. Investigador da polícia
    Para atuar no ramo de investigador é preciso se tornar policia civil por meio de um concurso público. Cada estado tem sua legislação, alterando-se entre estados que exigem curso superior em qualquer área ou apenas o ensino médio. Em todos os casos, o estudante precisa passar por uma formação especifica em academias de polícias.
  2. Trabalho autônomo
    Pessoas que buscam abrir sua própria agência ou trabalhar por conta não é necessário à formação acadêmica, mas não há nenhuma garantia legal para o exercício da profissão, possibilitando riscos de cometimento de infrações penais e civis na execução do trabalho como, por exemplo, invasão de privacidade. Por isso é importante que o atuante tenha cursos específicos e/ou um reconhecimento da profissão pelo o estado.
  3. Perito criminal
    O perito é outra área dentro da polícia civil. Exigindo também escolaridade dependendo do estado. Para os peritos que são fotógrafos ou auxiliares de necropsia não precisam de formação superior. Para outras áreas a formação é do concurso público.

Antes de iniciar as procuras sobre os cursos, analise primeiramente sobre a legislação no seu estado sobre a profissão.

Qual o valor de um detetive particular?

O salário da profissão também é um item importante para definir o cargo. Contudo cada profissional tem o seu preço e é variado dependendo do caso, mas o ganho médio fica em torno de R$ 3 mil a R$ 5 mil e pode ser bem mais alto dependendo do grau de dificuldade da investigação.

Normalmente os detetives particulares cobram entre R$ 80 a R$ 150 por hora. Sendo os valores acordados antes do início do trabalho e deve ser cobrado um pagamento de entrada de ao menos 20% do valor, garantindo que supram os gastos diários com a investigação como gasolina, lanches entre outros gastos.

A profissão não é uma tarefa fácil, mas prazerosa quando realmente se faz o que gosta.

Fale Conosco

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem