(11) 2337-5030 (11) 94792-6441

Dicas para o detetive saber quando o suspeito está mentindo

Um dos desafios mais expressivos na vida de qualquer detetive particular é detectar mentiras.

Embora existam muitas técnicas e métodos efetivos para compreender quando alguém está faltando com a verdade, a dificuldade de compreensão existe.

Neste sentido, torna-se fundamental conhecer algumas dicas interessantes a modo de complementar as técnicas.

Essas dicas são ótimas para que os investigadores possam dar prosseguimento à investigação de maneira eficiente e chegar à ótimos resultados.

No que concerne a capacidade de detectar mentiras, o detetive particular conta com habilidades que potencializam as chances de descobrir as "escorregadas" do interrogado.

Se você está à procura de dicas para saber se um suspeito está mentindo, chegou ao lugar certo.

Neste artigo você encontrará os principais indícios de mentira fornecidos pelos investigados. Fique atento a mínima prova!

Detetive particular, como detectar uma mentira do suspeito?

As mentiras são recorrentes, em especial quando o suspeito é culpado ou não está pensando em colaborar com a investigação.

Quando o assunto é decifrar se o que ele fala é verdade ou mentira, a melhor alternativa é contar com dicas interessantes e é claro, torná-las complementos às técnicas de investigação particular.

É possível detectar que o interlocutor ou investigado está mentindo quando desenvolve certos gestos corporais:

  • Enquanto fala, oculta a boca com uma ou duas mãos.
  • Coça o nariz enquanto fala.
  • Durante a conversa toca a boca com os dedos.
  • Sorri somente com a boca e o lado esquerdo do sorriso aparece mais elevado que o direito.
  • Quando o sorriso é verdadeiro, os dois lados da boca se movem em simetria e ocasiona rugas ao redor dos olhos.
  • Engole salivas de forma frequente e acelerada.
  • Quando uma pessoa verifica que foi captada na mentira, ela tem por costume tocar na gola, colarinho ou diretamente no pescoço. Indício de aliviar o "sufoco".
  • O movimento dos pés aumenta consideravelmente.
  • Quando está falando mantém os punhos fechados, similar a posição de soco.
  • O tom da voz oscila, podendo demonstrar incômodo, desgosto, tristeza, medo, raiva.
  • Os criminosos costumam responder questões com perguntas, respostas elaboradas. Não respondem: sim ou não.
  • Suspeito começa a apresentar uma situação ou explicação cheia de detalhes.
  • Quando se refere à uma pessoa desaparecida no pretérito. Isso pode indicar que o suspeito sabe que não está mais viva.
  • É preciso redobrar a atenção quando o suspeito da explicações de forma muito prestativa, sem ser solicitada pelo detetive particular.

Quer saber mais dicas a respeito de como detectar mentiras em um suspeito? Deseja conhecer mais detalhes acerca da carreira de detetive?

Acesse o site e conheça mais informações sobre estes assuntos.

Fale Conosco

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem