(11) 2337-5030 (11) 94792-6441

Investigação empresarial para casos de assédio

Uma das questões voltadas ao meio corporativo que mais tem sido comentada atualmente são os casos de assédio moral ou sexual dentro das empresas.

Segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho) 52% das mulheres economicamente ativas no mundo já sofreram assédio sexual no trabalho. Porém, devido à ausência de provas, as condenações nem sempre acontecem.

A contratação de um detetive empresarial pode ajudar a empresa a solucionar este problema.

Assédio é crime

Desde 2001 assédio é considerado crime e sujeito à detenção de um a dois anos para quem cometa o ato.

Segundo a legislação, é caracterizado assédio quando há constrangimento com o intuito de tirar vantagem ou favorecimento, inclusive sexual.

Atualmente, temos dois tipos de assédios nas empresas:

  • Assédio sexual e
  • Assédio moral.

Entenda cada um deles:

Assédio sexual

É considerado assédio sexual situações onde há uma abordagem com intenção sexual ou insistência inconveniente por parte de alguém em posição superior que utiliza desta vantagem para obter benefícios sexuais de seus subordinados.

E é crime (art. 216-A, do Código Penal, com redação dada pela Lei nº 10.224, de 15 de maio de 1991).

Assédio moral

Qualquer conduta abusiva que possa ferir a integridade física ou psicológica de um colaborador, gerando ameaças ao emprego ou desedificando o clima no ambiente profissional.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), as atitudes mais frequentes que se enquadram em assédio moral são:

  • Instruções confusas e imprecisas ao trabalhador;
  • Dificultar o trabalho;
  • Atribuir erros imaginários ao funcionário;
  • Exigir trabalhos urgentes sem necessidade;
  • Sobrecarga de tarefas;
  • Ignorar a presença do colaborador, ou não o cumprimentar ou, ainda, não lhe dirigir a palavra na frente dos outros, deliberadamente;
  • Fazer críticas ou brincadeiras de mau gosto em público;
  • Impor horários injustificados;
  • Retirar-lhe, injustificadamente, os instrumentos de trabalho;
  • Agressão física ou verbal, quando estão sós o assediador e a vítima;
  • Revista vexatória;
  • Restrição ao uso de sanitários;
  • Ameaças;
  • Insultos

Devido estes casos, tanto de assédio sexual quanto assédio moral, serem exercidos por pessoas em cargos privilegiados, as provas contra estas condutas irregulares nem sempre são fáceis de serem colhidas.

Saiba como um detetive particular especializado em investigação empresarial pode ajudar a resolver estas questões:

Investigação empresarial

Devido às técnicas e equipamentos especiais utilizados, quando os proprietários ou líderes da empresa suspeitam ou recebem queixas de casos de assédio sexual ou moral, a contratação de um investigador pode ser a solução para colher provas.

O detetive contratado pode se infiltrar na equipe, acompanhar o relacionamento dos colaboradores e, por meio dos mais modernos métodos de investigação, recolher as provas.

Dentre os métodos utilizados, destacam-se:

  • Monitoramento de canais de comunicação utilizados na empresa;
  • Gravação de áudios e vídeos com câmeras e gravadores escondidos;
  • Fotografias e
  • Relatórios elaborados pelo profissional com base em suas observações.

A partir deste material, caso haja a comprovação do assédio, a empresa poderá tomar as devidas providências. Afinal, contra provas não existem argumentos.

Fale Conosco

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem