(11) 2337-5030 (11) 94792-6441

Técnicas de contra-espionagem utilizadas pelo Detetive Particular

Quando a vulnerabilidade de uma empresa é exposta, as chances de sua falência estão entre os principais riscos sofridos pelos seus proprietários. Nas circunstâncias atuais, é muito comum assistir à liquidação de um estabelecimento que tenha sido vítima de prejuízos financeiros, fraudes, sabotagens ou mesmo da exposição da intimidade dos seus empresários. Na grande maioria destes casos, tais prejuízos estão vinculados à ausência da adoção de esquemas de segurança nas próprias empresas, desencadeando problemas que geram efeitos cada vez mais danosos, à medida que vão sendo negligenciados. E quando menos se espera, as consequências desta fragilidade são responsáveis pela ruína de um negócio, provocando perdas irreparáveis.

A espionagem é uma das principais causas da falência empresarial

Muitas vezes, a inexperiência de um empresário na solução de um problema de espionagem é um dos principais motivos para prorrogação na busca por uma solução definitiva para salvar seu negócio. Embora seja uma realidade cada vez mais visível no corpo empresarial, a espionagem ainda é vista com uma aura fictícia e sendo interpretada como um risco menor por parte de gestores de estabelecimentos. Esse tipo de postura, muitas vezes, contribui para evolução de um problema cuja solução poderia ter sido mais facilmente encontrada caso o empresário se dispusesse a lhe dar a devida atenção.

Técnicas de contra-espionagem utilizadas pelo Detetive Particular

Anti-grampos - Em casos de contra inteligência na comunicação, sua função será atuar no rastreamento de grampos telefônicos, por meio da instalação de anti-grampos que assegurem o sigilo dos dados empresariais. Anti-grampos funcionam como dispositivos compostos de circuitos instalados na linha telefônica que têm o objetivo de impedir a escuta e gravação de informações no telefone.

Vigilância discreta - O detetive infiltra-se dentro do ambiente de trabalho como funcionário, cliente ou concorrente com o objetivo de encontrar informantes.

Bloqueadores de transmissão - são também empregados como dispositivos de contra-espionagem, agindo por meio de um potente transmissor que varre frequências. O emprego deste dispositivo normalmente ocorre quando o detetive particular não consegue identificar a posição dos transmissores no local.

Scan1 - técnica que consiste numa minuciosa busca em rede que visa identificar computadores ativos e coletar informações sobre eles, como serviços e programas. Através da varredura, é possível encontrar o grau de vulnerabilidade aos serviços e computadores.

Criptografia de dados - consiste um conjunto de técnicas para proteger informações de modo que somente emissor e receptor possam compreendê-las.

Varredura de veículos – Visa localizar equipamentos de escuta e transmissão eletrônica GSM em automóveis.

Fale Conosco

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem