Como contratar um detetive

 Como contratar um detetive? Essa profissão ficou muito reconhecida por conta de diversos sucessos produzidos por Hollywood. Afinal, quem não acha fascinante a profissão de detetive estrelada nos cinemas? Aparenta ser algo muito instigante, aventureiro e com situações que envolvem técnica absurda.

Agora falando do mundo real, temos agências e detetives particulares atuando em nosso meio de fato. Além disso, esses profissionais possuem respaldo da lei para poder atuar na profissão e são como empresas normais, com CNPJ e tudo mais.

Mas como contratar um detetive? Além disso, será que é muito caro? Às vezes algo que vemos muito por aí, é que esse profissional pode ter custos elevados, mas isso depende muito de cada caso e do nível de dificuldade de conclusão de cada um.

Portanto, embora pareça simples contratar um serviço como esse, é importante estar atento há alguns pontos e conhecer bem as funções que esse profissional pode atuar, para entender se de fato, ele vai poder ajudar a solucionar o seu caso em questão.

E justamente para responder essas dúvidas comuns e principalmente como contratar um detetive, é que trouxemos esse post de hoje. Mas primeiramente, é importante entendermos o que um detetive particular faz.

Como funciona o trabalho de um detetive particular

Um detetive particular, ou uma agência de detetives, atua em casos investigativos de difícil resolução, que geralmente as pessoas não vão conseguir encontrar respostas sozinhas. Logo o trabalho do detetive funciona para auxiliar essas pessoas a solucionarem um caso, que pode até parecer perdido para quem está diretamente envolvido.

O detetive particular, após ser contratado vai coletar pistas iniciais com você, para ele ter um direcionamento inicial sobre o caso. Portanto, a partir destas pistas, ele vai buscar algumas provas, ou paradeiros de pessoas, para que a investigação comece a tomar corpo.

Além disso, quando as provas forem sendo coletadas, o detetive vai juntando uma peça na outra para chegar a uma conclusão certeira a respeito do caso em questão. Se for uma investigação conjugal, por exemplo, o detetive pode ir enviando algumas provas para o cliente, caso sejam relevantes.

Por fim, o cliente vai receber um relatório com um compilado de provas e também o veredito do profissional, a respeito do caso. Nem sempre a resposta da investigação é positiva, até porque em casos de investigação conjugal, por exemplo, ninguém gosta de saber que está sendo traído, não é mesmo?

Áreas de atuação de um detetive particular 

Para entender como contratar um detetive, é importante saber diferir as áreas de atuação destes profissionais. Portanto, você fará a melhor escolha a respeito desse serviço, direcionando seu caso para um profissional especializado. Hoje temos três principais áreas de atuação que o detetive particular trabalha:

  • Investigação conjugal: esse tipo de investigação busca resolver uma dúvida sobre infidelidade do parceiro ou parceira. É o mais procurado na maioria das agências de detetives.
  • Investigação empresarial: a investigação empresarial atua principalmente em suspeitas de roubo na empresa. Ou para investigar um possível contratado para uma vaga grande na empresa, por exemplo.
  • Localização de pessoas: diversas pessoas desaparecem diariamente, e o serviço de detetive particular ajuda a localizar pessoas desaparecidas também. Juntamente com a polícia, o detetive particular, tem muito a agregar neste tipo de investigação.

Agora que você já conhece os diferentes tipos de detetive, é hora de saber como contratar um detetive particular.

Como contratar um detetive 

Mas como contratar um detetive particular de fato? Você pode encontrar um detetive particular para te ajudar, em uma agência de detetives, o que recomendamos, ou através de profissionais que atuam de forma individual.

Você vai contratar um detetive através de buscadores como o Google, ou através de recomendações. Algumas agências, como a da detetive Luciana, possuem diversas entrevistas em veículos de comunicação brasileiros e internacionais, gerando ainda mais credibilidade.

No ato da contratação, a maioria das agências firma um contrato, logo tome ciência de tudo que está descrito neste documento, pois é nele que você vai ter todos os detalhes de como vai ocorrer o processo de investigação.

Você pode contratar o detetive por diária ou até ele desvendar o caso, quando em situações investigativas que sejam mais complexas e exijam mais tempo de dedicação do profissional.

Já o valor na hora da contratação, vária de acordo com a complexidade do caso, tendo valores médios de R$900 por dia em São Paulo, podendo variar de acordo com cada caso.

Eai, deu para entender como contratar um detetive? Caso você tenha ficado com alguma dúvida, é só entrar em contato com a gente, vai ser um prazer te ajudar.

Leitura recomendada: como Funciona a Investigação Conjugal?

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é cta-blog-2-700x137.png
Abrir conversa