Fale conosco pelo WhatsApp

Como é o trabalho de um detetive profissional?

A imagem que se tem da rotina de um detetive profissional é sempre ligada a estereótipos que dificilmente se encaixam na realidade.

Toda a fantasia em torno do assunto, foi gerada pelas dezenas de filmes e livros nos quais o detetive profissional se envolve em aventuras e situações que dificilmente se encaixam na rotina de um profissional real e essas ideias encheram o imaginário popular com informações errôneas que vamos questionar a seguir.

Como é o trabalho de um detetive profissional?

É por isso que algumas pessoas se chocam quando descobrem que:

⦁ Um detetive não tem poder de polícia.
⦁ Não pode realizar gravações que causem constrangimento, invadindo a privacidade de um indivíduo.
⦁ Não portam distintivos nem arma de fogo.

Mas se o detetive profissional real não é tão parecido com o dos roteiros de cinema, então, como é o trabalho desses profissionais nas ruas?

A resposta a essa pergunta pode ser mais interessante do que se espera então veja a seguir algumas perguntas e respostas que podem trazer uma nova luz sobre esta função tão cercada de mistérios.

Detetive profissional pode ter porte de arma?

Como o detetive particular não tem poder de polícia, o uso de distintivo e arma de fogo são vetados, a menos que haja outras causas atreladas que permitam o porte de armamento.

Mas no Brasil, andar armado depende da liberação da Policia Federal e isso não costuma acontecer com frequência, de modo que dificilmente um detetive profissional pode obter tal licença.

A profissão de detetive profissional é regulamentada?

Depois de longos anos atuando na informalidade, sim, a profissão de detetive particular foi finalmente regulamentada.

Isso aconteceu em 12 de Abril de 2017, quando o Senado Federal aprovou a lei que determina regras que tornam a profissão mais segura e garante que o detetive profissional possa atuar dentro de uma cadeia de normas pré estabelecidas com o objetivo de proteger a si mesmo e aos outros.

O que faz um detetive profissional?

No Brasil grande parte da busca pelos serviços de um detetive profissional, se dá com o objetivo de coletar provas a respeito da infidelidade conjugal. Mesmo assim, é interessante observar que há muitas outras áreas onde o conhecimento desse investigador e o seu talento para encontrar a verdade, podem ser úteis. Vamos listar alguns deles.

⦁ Encontrar pessoas
⦁ Atuar em conjunto com a polícia na resolução de crimes.
⦁ Fiscalizar o trabalho de cuidadores e babás.
⦁ Encontrar documentos
⦁ Descobrir a história pregressa de um indivíduo ou empresa.

Em todas essas situações, o detetive profissional atua como guardião da segurança pode ser um importante aliado de famílias e empresas, mas para atuar em casos que sejam de responsabilidade da polícia, o detetive precisa da autorização do delegado encarregado.

Quem pode ser detetive profissional?

Pessoas que se dediquem a realizar os cursos de formação na área e que tenham talento para sigilo e discrição. Estes últimos aspectos são diferenciais importantíssimos para o sucesso da profissão e o curso possui uma grade extensa, que cobre desde a área de tecnologia e informação, até direito penal.

Como contratar um detetive profissional?

Para contratar um detetive profissional, é preciso se dirigir até uma agência de detetives e discutir quais são as suas expectativas com relação ao caso. Nessa ocasião também pode ser interessante disponibilizar dados a respeito da situação, para que o detetive particular consiga orçar esta contração de modo adequado.

O verdadeiro detetive particular.

Como se pode notar, o verdadeiro detetive particular tem pouco a ver com o tipo de investigador que estamos acostumados a ver nos cinemas. Ainda assim, o trabalho do detetive particular é essencial e cercado de mistérios que fazem desta uma das profissões mais interessantes e dignas de admiração.

solicite-um-orcamento-detetive-particular-luciana