diferenças entre um espião e um detetive

Diferenças entre um espião e um detetive? Será que esses profissionais cumprem as mesmas tarefas? Atuam nas mesmas funções? Esses profissionais possuem características específicas dependendo de qual área eles atuam.

Os detetive particulares possuem maior reconhecimento popular. E isso ocorre por conta da fama gerada da profissão, principalmente através de filmes investigativos que tem como personagens principais, os detetives.

No texto de hoje, vamos mostrar as principais diferenças entre um espião e um detetive. Depois deste artigo, você vai poder escolher o melhor profissional para te ajudar com o seu caso.

Diferenças entre um espião e um detetive

Muitas pessoas acabam confundindo essas duas profissões, e quando contratam um detetive particular, acham que ele vai fazer um trabalho de espionagem. Porém, o detetive particular atua em atividades que seguem os parâmetros legais.

Portanto, existem algumas boas condutas que esse profissional deve seguir, que inclusive está na lei e permite que ele faça.

Além disso, a profissão de detetive particular está regulamentada por lei desde 2017, que considera detetive particular aquele profissional que atua por conta própria ou através de agências particulares.

É importante ressaltar também que esse profissional pode coletar dados e informações de natureza não criminal. De acordo com as provas, é possível usa-las em processos judiciais. 

Qual a função do detetive

Existem algumas diferenças entre um espião e um detetive. Detetives particulares tem como objetivo investigar a fundo um assunto específico solicitado pelo cliente. As áreas de investigação mais comuns são empresarial, conjugal e pessoal.

Portanto, eles acabam coletando e reunindo provas que tem a função de comprovar, ou não, uma suspeita por parte do contratante.

As provas são reunidas em um único relatório, concluído ao final da investigação. Nesse documento é feito o veredito sobre a culpa, ou não, do investigado.

Esses profissionais têm a função e a responsabilidade de estar sempre se atualizando em relação a equipamentos e tecnologia investigativa também.

Detetive particulares, ou agências de detetives, também servem como auxilio em uma investigação policial. Ajudando a agilizar o processo investigativo.

Isso ocorre muito, em casos de pessoas desaparecidas, por exemplo, o detetive por ter foco total neste caso, vai buscar informações privilegiadas e que talvez a polícia não tenha todo o tempo disponível para buscar, visto que a demanda para esses profissionais é bem grande.

Qual a função do espião

Como o próprio nome já diz, a função do espião, é de fato espionar. Entretanto, diferente do detetive particular, esse profissional não conduz investigações. Além disso, o espião costuma atuar sem levar muito em consideração quaisquer questões legais.

Portanto, sendo que não existe uma preocupação real, muitas vezes haverá o descumprindo de algum tipo de regra. Ele vai chegar no objetivo também, juntar evidências e coletar provas, todavia, isso incluirá provas que não serão evidencias judiciais.

O espião é muito procurado para atuar em espionagem industrial, onde esse profissional trabalha de forma sigilosa para obter informações importantes de concorrentes do seu contratante, por exemplo.

Diferenças entre um espião e um detetive: se escolher o detetive conte conosco

Agora que você entendeu as diferenças entre um espião e um detetive, caso esteja precisando de um detetive particular nó podemos te ajudar. Nossa equipe é especializada em diversos ramos de investigação, caso você tenha ficado com alguma dúvida a respeito desse serviço, é só entrar em contato conosco também, vai ser um prazer te ajudar.

A detetive Luciana possui diversas entrevistas em importantes veículos de comunicação, como rádio, programas de televisão e muito mais. Além de termos milhares de casos investigativos concluídos com êxito.

Leitura recomendada: como Escolher uma Agência de Detetives

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é cta-blog-2-700x137.png
Abrir conversa