investigação conjugal

Investigação conjugal têm sido um serviço bem requisitado nos últimos anos. Muitas pessoas têm procurado esse tipo de serviço para entenderem se estão passando por uma traição, ou mais conhecido como ato de “pular a cerca” nas rodas de conversa.

Infelizmente, todo relacionamento conta com altos e baixos. Casos mais extremos acabam havendo traições, e a pessoa que é traída acaba se sentindo muito mal com isso. Porém, não é bom você sair por aí querendo bancar o detetive particular em busca de provas a respeito da traição do conjugue, procure um detetive especializado em investigação conjugal.

Mas você sabe como funciona uma investigação conjugal? Continue lendo este post, pois vamos explicar tudo sobre esse tipo de investigação, sendo o mais procurado nas agências de detetive particulares. 

A investigação conjugal tira suas dúvidas

Bom, caso você tenha algum tipo de suspeita que o seu conjugue está te traindo, como citamos, não é legal você investigar por conta própria. Caso você seja descoberto, além de isso gerar um desconforto na sua relação, caso seu conjugue não esteja te traindo, as pistas podem se tornar mais difíceis, já que o seu parceiro irá tomar mais cuidado a partir de agora.

Contratando um detetive particular, você vai ter um profissional especializado no caso para você. Portanto, esse profissional vai tirar todas as suas dúvidas a respeito de uma possível traição por parte do seu conjugue.

Além disso, o detetive particular conta com vasta experiência e equipamentos de alta tecnologia que vão contribuir e agilizar para que o caso seja concluído o mais rápido possível. E com provas certeiras que vão te ajudar a descobrir a verdade.

Alguns sinais costumam ficar mais evidentes e mostram que é necessária uma investigação

Sinais e indícios de uma possível traição não são difíceis de reconhecer. Os comportamentos que citamos a seguir poder ser observados por você. Mas é importante serem analisados por um profissional especializado em investigação conjugal.

  • O seu conjugue se esconde ou se afasta de você para mexer no celular;
  • Ele esconde o celular ou dificulta o acesso para você;
  • Costuma chegar em casa mais tarde e esquece compromissos do casal, como aniversário de casamento, por exemplo;
  • Alterações repentinas no seu humor;
  • As relações sexuais são feitas sem tanto interesse como era antes e acabam se tornando mais raras;
  • O seu par acaba sendo mais vaidoso em suas saídas individuais.

Como escolher um detetive particular?

É importante você coletar informações antes de definir um profissional especializado em investigação conjugal. Pesquise a respeito e busque referências que comprovem a qualidade do profissional que está contratando.

Isso é importante, pois você vai estar compartilhando informações que precisam ser sigilosas, logo o profissional precisa ter um grau de capacitação e experiência em casos como o seu.

Caso prefira, busque indicações de amigos próximos ou pessoas de sua confiança para escolher o melhor profissional. A equipe da Detetive Luciana, por exemplo, já participou de diversos programas da televisão e de rádio, tendo uma certa notoriedade no cenário investigativo brasileiro.

Após contratado como atua um detetive especializado em investigação conjugal

Antes de ir de fato para a rua, em busca de provas de uma possível traição conjugal. O detetive mapeia os locais que o suspeito frequenta, como local de trabalho, casa de amigos ou locais de lazer. 

Portanto, existe um planejamento estratégico inicial, aqui o detetive também vai analisar os horários que o conjugue chega em casa e nos seus outros compromissos. O detetive segue, tira fotos e caso sinta necessidade, pode colocar um rastreador no carro para entender 24h por dia onde o suspeito se localiza.

Além disso, o detetive pode se locomover a pé, de carro ou de moto, conforme a situação exigida. Geralmente, em poucos dias o detetive vai chegar com o resultado e com um dossiê contendo as provas, caso o suspeito esteja de fato em atos de traição.

Somos especialista em investigação conjugal, serviço mais procurado pelos nossos clientes. Caso você tenha ficado com alguma dúvida em relação a este modelo de investigação, é só entrar em contato, vai ser um prazer te ajudar.

Leitura recomendada: cuidadora Maltratando Idoso, como Posso Descobrir Isso?

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é cta-blog-2-700x137.png

Problemas no relacionamento amoroso são muito comuns, e alguns deles podem até não ter fundamento. Ciúmes e desconfiança em excesso podem destruir uma relação, e a melhor opção nesses casos é encontrar a verdade. Para isso, você pode contratar uma agência de detetive particular que ofereça o serviço de investigação conjugal.

Contratar alguém para fazer uma investigação conjugal certamente não é uma decisão fácil, mas algumas situações podem exigir que as desconfianças sejam esclarecidas para que não seja necessário conviver com a dúvida.

Quando solicitar uma investigação conjugal?

A desconfiança e os ciúmes podem surgir a partir de coisas simples, mas que levantam suspeitas. Se o seu parceiro ou parceira se afasta ao atender telefonemas ou fala sussurrando, dando sinais de que se trata de uma conversa sigilosa, esse pode ser um forte indício de que algo pode estar errado.

Veja alguns outros sinais de infidelidade comuns:

  • Vaidade repentina, com o parceiro mostrando uma necessidade constante de se cuidar e de se manter sempre bonito — sendo que esse é um comportamento que não existia anteriormente;
  • A pessoa esconde o celular, fica sempre com a tela virada para baixo ou deixa no silencioso;
  • O celular fica desligado por longos períodos ou a pessoa afirma que a bateria acabou e isso acontece com muita frequência;
  • O parceiro caiu em contradição diversas vezes;
  • Mudanças repentinas de comportamento, como chegar mais tarde com frequência ou começar a fazer muitas horas extras.

Todos esses sinais podem acender um alerta, indicando que o companheiro (a) talvez esteja envolvido em uma relação extraconjugal. Se você está com dúvidas, a melhor decisão é solicitar uma investigação conjugal.


Como funciona uma investigação conjugal?

Tudo começa com a assinatura de um contrato por ambas as partes. Neste documento, devem estar listados todos os procedimentos e métodos que serão utilizados durante a investigação conjugal, quais as tecnologias aplicadas e os custos relacionados.

É nesse primeiro encontro que o contratante deve informar o motivo de estar contratando uma agência de detetive particular, as razões de suas desconfianças e relatar o que vem acontecendo. Além disso, podem ser solicitadas informações sobre a rotina do investigado, placa do carro, número de celular, fotos e outros dados que ajudam na investigação.

Em seguida, o detetive particular utiliza as informações passadas para realizar a investigação conjugal de maneira discreta. O comportamento nas redes sociais é analisado, bem como sua movimentação e deslocamento — que são registrados via GPS. O detetive pode utilizar algumas tecnologias específicas para este monitoramento.

O detetive estará sempre atento para a coleta de provas nos mais diversos formatos, que incluem fotos, vídeos e áudios e outros. Por fim, a agência de investigação monta um relatório documentando todas provas coletadas durante a investigação conjugal. Essas provas são perfeitamente legais e podem ser utilizadas em um processo judicial de divórcio.

Vale lembrar que o serviço de investigação também pode mostrar que não há nada de errado acontecendo e que as desconfianças são sem fundamento. O objetivo principal é esclarecer com a verdade, seja ela qual for.

Os detetives da agência Luciana trabalham sempre priorizando a ética e a maior discrição possível. Os profissionais que conduzem a investigação conjugal contam com habilidades específicas e tecnologia que permitem uma rápida resolução dos fatos. Para entender melhor as vantagens de contratar este serviço, entre em contato.

Abrir conversa