Você provavelmente conhece a profissão de detetive particular, mas você sabe de fato o que esse profissional faz? Se você sempre teve curiosidade ou está pensando em seguir carreira você está no lugar certo, por que separei informações exclusivas sobre essa profissão que tanto tem crescido nos últimos anos.

Qual é a função de um detetive?

O que é um investigador particular?

O detetive é o profissional que tem como principal função a investigação de fatos, circunstâncias e todos os envolvidos, de modo a solucionar com rapidez diferentes tipos de casos.

Os detetives particulares atuam com o licenciamento que pode ser adquirido através de escolas especializadas, profissionalizantes na área. É nessas escolas que suas habilidades são aperfeiçoadas e até mesmo desenvolvidas.

O profissional que trabalha com investigação precisa ter um bom raciocínio lógico, ter excelente percepção, ser atento e acima de tudo amar o que faz, afinal é uma função que exige muita dedicação, sendo muitas vezes necessário trabalhar dia e noite em casos específicos, afinal os casos precisam ser solucionados.

Com quem trabalha o detetive?

Esse profissional pode atuar em diferentes áreas, como por exemplo:

  • Investigação sobre desaparecimento de pessoas;
  • Investigação de traição conjugal;
  • Investigação sobre espionagem empresarial;
  • Investigação criminal, entre outros.

O detetive particular tem uma grande liberdade de atuação, tendo em vista que pode focar em uma área específica, ou em todas, tudo dependerá do próprio profissional.

A forma de trabalho também é outro ponto bastante atrativo, já que pode atuar de forma autônoma ou em agências de investigação, através de contratação, já que hoje a profissão é reconhecida junto ao Ministério do Trabalho.

A maior demanda desses profissionais é nos casos de investigação conjugal, em que um dos cônjuges suspeita de traição por parte de seu parceiro.

Nesses casos, o profissional atua com auxílio de muitos equipamentos tecnológicos que facilitam a descoberta da traição, além de colher provas como filmagens, fotos, gravações e até mesmo flagrantes.

Nos casos de pessoas desaparecidas, os detetives particulares, desenvolvem um trabalho impressionante, independente do tempo do desaparecimento, ajudando a família a concluir um caso que tanto aflige seus corações.

Em muitos casos de desaparecimento, assim como criminais em geral, o detetive particular pode trabalhar em conjunto com a polícia, quando existe uma autorização do delegado responsável, o que contribui demais para que o caso se solucione com mais agilidade, afinal são duas forças em um único objetivo.

Já nos casos de investigação de espionagem empresarial o objetivo central do detetive é descobrir se o espião é interno ou externo, ou seja, se é alguém da empresa ou não, a partir dessa informação é iniciado o processo para descoberta da identidade do espião.

Essa medida vem sendo tomada por muitas empresas, tendo em vista a grande quantidade de tentativas de furtos e fraudes que sofrem anualmente, chegando a atingir mais de 70% das empresas brasileiras.

As empresas estão entendendo que esse serviço é muito importante para a saúde financeira, já que o vazamento de informações ou documentos específicos em alguns casos podem custar milhões ou até mesmo levar uma empresa a falência.

Vale a pena contratar um investigador particular?

Como você pode observar, esses profissionais são altamente capacitados e experientes no ramo de investigação, tendo em vista suas trajetórias e preparação.

Se você se encontra em uma situação de angústia e precisa de ajuda para solucioná-la, a contratação de um detetive particular com certeza valerá muito a pena, pois poderá te ajudar a colocar um ponto final em suas dúvidas e desconfianças.

solicite-um-orcamento-detetive-particular-luciana

Gostou? compartilhe
[social_warfare]