Fale conosco pelo WhatsApp

Investigação Conjugal

Problemas no relacionamento amoroso são muito comuns, e alguns deles podem até não ter fundamento. Ciúmes e desconfiança em excesso podem destruir uma relação, e a melhor opção nesses casos é encontrar a verdade. Para isso, você pode contratar uma agência de detetive particular que ofereça o serviço de investigação conjugal.

Contratar alguém para fazer uma investigação conjugal certamente não é uma decisão fácil, mas algumas situações podem exigir que as desconfianças sejam esclarecidas para que não seja necessário conviver com a dúvida.

Quando solicitar uma investigação conjugal?

A desconfiança e os ciúmes podem surgir a partir de coisas simples, mas que levantam suspeitas. Se o seu parceiro ou parceira se afasta ao atender telefonemas ou fala sussurrando, dando sinais de que se trata de uma conversa sigilosa, esse pode ser um forte indício de que algo pode estar errado.

Veja alguns outros sinais de infidelidade comuns:

  • Vaidade repentina, com o parceiro mostrando uma necessidade constante de se cuidar e de se manter sempre bonito — sendo que esse é um comportamento que não existia anteriormente;
  • A pessoa esconde o celular, fica sempre com a tela virada para baixo ou deixa no silencioso;
  • O celular fica desligado por longos períodos ou a pessoa afirma que a bateria acabou e isso acontece com muita frequência;
  • O parceiro caiu em contradição diversas vezes;
  • Mudanças repentinas de comportamento, como chegar mais tarde com frequência ou começar a fazer muitas horas extras.

Todos esses sinais podem acender um alerta, indicando que o companheiro (a) talvez esteja envolvido em uma relação extraconjugal. Se você está com dúvidas, a melhor decisão é solicitar uma investigação conjugal.

Como funciona uma investigação conjugal?

Tudo começa com a assinatura de um contrato por ambas as partes. Neste documento, devem estar listados todos os procedimentos e métodos que serão utilizados durante a investigação conjugal, quais as tecnologias aplicadas e os custos relacionados.

É nesse primeiro encontro que o contratante deve informar o motivo de estar contratando uma agência de detetive particular, as razões de suas desconfianças e relatar o que vem acontecendo. Além disso, podem ser solicitadas informações sobre a rotina do investigado, placa do carro, número de celular, fotos e outros dados que ajudam na investigação.

Em seguida, o detetive particular utiliza as informações passadas para realizar a investigação conjugal de maneira discreta. O comportamento nas redes sociais é analisado, bem como sua movimentação e deslocamento — que são registrados via GPS. O detetive pode utilizar algumas tecnologias específicas para este monitoramento.

O detetive estará sempre atento para a coleta de provas nos mais diversos formatos, que incluem fotos, vídeos e áudios e outros. Por fim, a agência de investigação monta um relatório documentando todas provas coletadas durante a investigação conjugal. Essas provas são perfeitamente legais e podem ser utilizadas em um processo judicial de divórcio.

Vale lembrar que o serviço de investigação também pode mostrar que não há nada de errado acontecendo e que as desconfianças são sem fundamento. O objetivo principal é esclarecer com a verdade, seja ela qual for.

Os detetives da agência Luciana trabalham sempre priorizando a ética e a maior discrição possível. Os profissionais que conduzem a investigação conjugal contam com habilidades específicas e tecnologia que permitem uma rápida resolução dos fatos. Para entender melhor as vantagens de contratar este serviço, entre em contato.