(11) 2337-5030 (11) 94792-6441

Detetive explica os principais sintomas da depressão na adolescência

A depressão na adolescência é um transtorno que pode acometer qualquer jovem, no entanto, existem pessoas que têm um maior acúmulo de fatores de risco. Assim sendo, acabam tendo mais chances de padecer desta doença.

Este transtorno pode ser desencadeado por inúmeras situações. Inclusive, um evento considerado simples de ser resolvido por pessoas que não sofrem de depressão, pode ser entendido como um grande problema sem solução positiva. Geralmente, pessoas jovens que são acometidos por esta doença apresentam um comportamento padrão.

Sintomas da depressão na adolescência

Sem dúvidas, detectar a depressão em um adolescente pode não ser uma tarefa fácil. A maior parte das vezes, o diagnóstico é feito por profissionais da área como psiquiatras ou psicólogos. Embora os pais levem ou incentivem os filhos a recorrer a um especialista, nem sempre acreditam que este mal possa estar fazendo parte da vida do adolescente. Aí começa um tratamento não só com o jovem como também com o resto da família.

No que tange aos sintomas, quem padece de depressão pode apresentar:

  • Mudanças no apetite. Neste caso, é importante ressaltar que nem sempre o quadro seja acompanhado da perda de apetite, muitas vezes este potencializa-se e pode desencadear um quadro de obesidade.
  • Dificuldade de concentração.
  • Dificuldade para tomar decisões.
  • Episódios de perda de memória.
  • Sentimento de agitação, inquietude e irritabilidade.
  • Autoestima em queda, falta de esperança, tristeza e ódio contra si.
  • Perda do interesse ou prazer de realizar atividades que antes eram divertidas.
  • Pensar ou falar sobre suicídio e morte.
  • Problemas para dormir, sono excessivo ou sonolência diurna.

Algumas vezes, o comportamento da pessoa pode mudar e isso ocasiona problemas não somente em casa como também na escola e/ou trabalho. Assim, é comum que o adolescente apresente:

  • Comportamento inadequado.
  • Conduta delitiva.
  • Comportamento irresponsável.
  • Rendimento escolar deficiente. Notas baixas.
  • Distanciamento da família e amigos.
  • Consumo de álcool e outras substâncias ilegais.

Quando é recomendado o auxílio de um detetive particular?

O auxílio de um investigador particular pode ser solicitado a qualquer momento. Geralmente, estes profissionais são solicitados quando os pais suspeitam que o jovem está consumindo substâncias ilícitas.

Nestes casos, o investigador começa a trabalhar no caso com extremo sigilo e discrição. A partir do momento em que é contratado e o documento de prestação de serviço é assinado, a investigação é iniciada mediante o monitoramento do jovem. Após dias, semanas ou meses de investigação, o detetive particular recolhe indícios, provas e demais aspectos que confirmem ou descartem o envolvimento do jovem com entorpecentes. Essas informações são passadas à família.

Assim sendo, o profissional especialista em investigação particular é de extrema importância nos casos de depressão de adolescentes associada ao consumo e/ou tráfico de entorpecentes.

Saiba mais informações sobre o assunto, entrando em contato conosco!

Fale Conosco

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem