Fale conosco pelo WhatsApp

8 Principais motivos para traição

Homem segura o celular enquanto mulher está deitada na cama com braços cruzados

Seu relacionamento possui motivos para traição? Descubra agora!

As suspeitas de traição conjugal são, provavelmente, as maiores causadoras individuais de idas a agências de detetives particulares, tanto por parte de mulheres quanto de homens, independentemente de sua classe social ou orientação sexual.

Infelizmente, a infidelidade conjugal pode acometer o relacionamento de qualquer um, e devemos estar atentos para evitar desgastes emocionais que podem ser causados por ela.

Para que seja possível solucionar rapidamente esta situação, é importante procurar o auxílio de um detive particular, comprovando ou não a veracidade das suspeitas.

É importante contar com a ajuda de um profissional para que o investigado não perceba que está sendo monitorado, o que pode complicar ainda mais o relacionamento caso não esteja de fato ocorrendo uma traição ou até mesmo para possibilitar que o indivíduo seja pego em flagrante.

Portanto, atente-se aos principais sinais que podem indicar uma traição.

Motivos para traição

É importante que uma traição seja rapidamente solucionada, evitando grandes traumas emocionais, independentemente se a solução se encaminhará para o perdão ou uma separação.

Ainda que os motivos para resultar em uma traição possam ser diversos, existem alguns comportamentos que comumente estão relacionados com a infidelidade, e que pode fazer a diferença conhecê-los para tomar as medidas necessárias.

Fragilidade prévia no relacionamento

Não é comum alguém trair sua esposa ou marido do nada. Geralmente, a relação já está abalada quando um dos parceiros dá este passo.

Portanto, fique atento quanto aos sinais de que o seu parceiro pode estar descontente!

Histórico

Aparentemente, há aqueles que têm na traição um traço de personalidade. Estudos afirmam que pessoas que traem hoje, frequentemente, já o fizeram no passado. Ou seja, se o seu parceiro já traiu em algum relacionamento prévio, pode acontecer novamente.

Traumas

Indivíduos que, durante a infância, presenciaram traições contínuas dos pais podem apresentar o mesmo tipo de comportamento quando adultos, pois fixaram isto como um padrão de comportamento, mesmo que inconsciente.

Em casos como este, é importante o aconselhamento psicológico para evitar levar traumas do passado para relacionamentos futuros.

Vingança

Às vezes ocorre que a pessoa traída deseja retaliar o traidor, e a retaliação ocorre na forma de traição, também.

Em outras situações a chamada “traição por vingança” decorre de algum outro ressentimento que exista entre as partes, o que faz o diálogo ser fundamental para que uma situação como esta não ocorra.

Tédio

Surpreendentemente, isso também pode ser um motivo para a traição. A rotina para alguns casais é benéfica, pois ela organiza a vida a dois e, quando é quebrada — com flores, surpresas ou jantares românticos — pode oferecer um incentivo à convivência.

Quando mal construída, a rotina pode conduzir ao tédio em que a traição se torna uma forma da pessoa sentir-se novamente motivada para o dia-a-dia.

Prazer em trair

Existem indivíduos que são “viciados” em sedução e têm a necessidade de investir sempre no jogo da conquista, o que as tornam facilmente infiéis.

Traição por oportunidade

Normalmente, ocorre quando o relacionamento já não vai bem. Em uniões saudáveis, oportunidades de trair surgem, mas não se concretizam. Porém, quando a relação amorosa se torna frágil, a ocasião pode fazer o traidor.

Autoafirmação

Às vezes, um dos membros do par amoroso é uma pessoa insegura, que não acredita:

  • Em seus próprios atrativos;
  • Na própria beleza;
  • Em sua própria inteligência.

Desta forma, a traição se torna uma maneira de se afirmar perante o grupo social que o indivíduo frequenta, e até diante de si mesmo.

O que todos os casos de traição têm em comum?

Independente dos motivos para traição, são injustos para com a pessoa traída. Nem ela e nem ninguém, deve suportar uma situação como esta. Se há alguma suspeita, convém procurar rapidamente um detetive que descubra se está havendo ou não infidelidade conjugal. Portanto, ao menor sinal de traição e de qualquer suspeita, entre em contato com a detetive particular Luciana!