(11) 2337-5030 (11) 94792-6441

O que é e quando fazer a investigação pré-nupcial?

A investigação pré-nupcial é solicitada, tanto por homens quanto por mulheres, antes de a união ser oficializada, seja no registro civil ou na igreja. As motivações podem ser diversas, mas ocorrem principalmente quando há grandes quantias de dinheiro envolvidas, seja por uma herança ou bens próprios de valor.

Nesses casos é contratado um detetive particular que terá condições de conduzir a investigação em máximo sigilo.

Durante a investigação conjugal pré-nupcial o detetive irá colocar em prática diversas estratégias de investigação e monitoramento para identificar se há alguma intenção maliciosa por trás do interesse amoroso.

É comum que sejam investigadas situações como identidades falsas, golpes, traições e mentiras.

Após a minuciosa investigação, o contratante terá mais segurança para conduzir o relacionamento e realizar o casamento.

A confiança proporcionada após o esclarecimento das dúvidas é fundamental para o casal que deseja iniciar uma vida juntos.

Quando contratar o detetive particular para a investigação pré-nupcial?

A investigação pré-nupcial deve ser conduzida, impreterivelmente, por um detetive particular, pois apenas o profissional especializado poderá realizar a investigação sem que o investigado perceba.

Nesses casos, um amador que realize os processos de forma equivocada por ser descoberto e resultar até mesmo no fim do relacionamento, mesmo que nada seja provado contra o investigado.

Devido à gravidade e complexidade de uma investigação pré-nupcial é importante que haja confiança no profissional contratado. As motivações para procurar por um detetive particular podem ser várias, variando de caso a caso.

Em algumas situações a investigação é motivada por suspeitas e desconfianças, entretanto, também é comum que o contratante queira apenas esclarecer os fatos antes do matrimônio.

Situações comuns que podem ser desvendadas por um detetive particular incluem:

  • Falsidade ideológica;
  • Estelionatário;
  • Segunda família
  • Fraudes fiscais;
  • Traição.

A contratação do detetive para conduzir a investigação deve ser feita com antecedência em relação ao dia do casamento. Esse cuidado prévio é importante para que, caso algo seja descoberto, não ocorra um rompimento de última hora, que será negativo para o casal, familiares e amigos.

Como ocorre a investigação?

A investigação é feita com muita discrição para que não haja nenhuma desconfiança por parte do investigado. O detetive utiliza diversas técnicas, como:

  • Câmeras fotográficas;
  • Gravadores de áudio e vídeo;
  • Escutas;
  • Rastreadores;
  • Análise e monitoramento de bancos de dados;
  • Monitoramento de redes sociais.

O monitoramento do investigado durante um determinado período também é fundamental para que se possa identificar as suas atividades diárias.

A investigação pode durar entre 7 e 10 dias e, ao final do processo, o detetive apresenta um relatório completo com todas as provas adquiridas.

Fale Conosco

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem